• Umberto Abreu Noce

Estamos de Volta

2020 foi um ano difícil. Sim, você já leu isso em mais ou menos duzentas postagens no feed de suas redes sociais, mas é que foi difícil mesmo. A pandemia trouxe o adicional médico à distopia social a que estamos submetidos, trancou muitos de nós em casa e impôs uma terrível sensação de impotência diante de tantos absurdos experenciados neste ano enfim encerrado.

Foi um ano confuso. Viu-se o ministério da saúde boicotar medidas de saúde pública, o ministério da justiça produzir um criminoso dossiê antifacista (ao que parece, para este ministério ser antifacista é crime), o ministério da economia contratar, por alguns milhares de reais, a elaboração de um relatório de detratores do liberal ministro, liberal que monitora indivíduos, defende criação de impostos e cujo saldo de privatizações é menos um.

E no final deste ano maluco, três advogados e doutorandos tiveram dificuldades de escrever. Nós, que em nossa vida quase não fazemos nada além de escrever e defender teses, estivemos cansados no final do ano, por isso a pausa nas postagens. Ora, se o ministro da economia fez o que fez e nem assim deixou de ser considerado liberal, não serão por uns diazinhos sem escrever aqui que deixamos de ser escrevedores...

Estamos de volta, mesmo formato e mesma perspectiva. Para os nossos poucos e fiéis leitores, continuaremos discutindo e defendendo o direito aqui, sobretudo os Direitos Humanos, em momento que sua defesa é tão necessária. Como diz Konrad Hesse[1], é em tempos difíceis que se deve render as maiores homenagens à Constituição - esperamos ser este um fórum para tanto. Continuaremos a tratar também de questões mais do dia a dia do leitor, como dos seus problemas do condomínio, com a operadora de internet etc, sempre da forma mais descomplicada possível.

Sejam todos muito bem vindos novamente.


[1] HESSE, Konrad. A força normativa da Constituição. Trad. Gilmar Ferreira Mendes. Porto Alegre: Sérgio Antônio Fabris, 1991, p. 25.


5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Sabe como funciona a Lei Rouanet? Texto 2

Publiquei aqui no Descompliquês um texto em que procurei traçar as linhas gerais do funcionamento da Lei Rouanet, explicando resumidamente seus principais mecanismos e o passo a passo para sua realiz